segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Ana é a primeira a conversar com Bial

O apresentador Pedro Bial iniciou a conversa perguntando qual a diferença entre a Ana de hoje e do primeiro dia do programa. "Estou muito mais madura. Entrei muito imatura mas estou aprendendo a entender mais o ser humano e as máscaras. Antes eu era muito ingênua", conta, com a máquina apontando verdade. Nesse momento, a pulsação de Ana chegou a 105 bpm.



Segundo a sister, a relação com Naiá ajuda, mas a atitude da paulistana a deixou triste hoje: "Achei que ela tomaria as minhas dores, como minha mãe", explica, com a máquina dando imprecisão.

Para Carol, Tom a indicou por causa de brigas por comida. "A gente sempre briga por comida. Ele queria comer ovo todo dia e eu sempre batia de frente com ele. No dia da prova do anjo a gente discutiu porque ele me chamou de fútil", lembra. A máquina variou entre verdade, imprecisão e mentira.

Ser a mais nova do grupo para a loura é uma desvantagem: "Nunca passei mais de 20 dias fora de casa. Para mim todo mundo era bonzinho. Algumas máscaras cairam completamente e outras estão começando a cair", encerrou, com a máquina dando verdade.

Fonte: globo.com

2 comentários:

aline disse...

ana vc é muito legal ...gosto muitu e vc .... vc vai continuar...
...bjus...te adoru...

Gabriela disse...

A Ana foi muito forte, pra conseguir passar por tudo que passou, tiro o chápeu... Deve ser horrível ficar confinado em um ninho de cobras.